top of page
Escrevendo no bloco de notas

CONCURSO LITERÁRIO DE

BOMBEIROS, HERÓIS ENTRE NÓS:

C

O

N

T

O

S

Histórias que não podem ser esquecidas

SARGENTO BM ALEXANDRE LOUREIRO JÚNIOR

Brasão Acadêmico.png

Apoio Institucional

logo COPM-BM.png
brasao-BM.png
Caderno

Regulamento

CONCURSO LITERÁRIO SARGENTO BM ALEXANDRE LOUREIRO JÚNIOR

EDIÇÃO 2024

     A Academia de Letras dos Militares Estaduais da Paraíba (ALMEP), através da sua Diretoria Executiva, promove o “I Concurso Literário Sargento BM Alexandre Loureiro Júnior, edição 2024, na modalidade contos, que visa homenagear os Bombeiros pela sua coragem e dedicação, com o objetivo de estimular produções literárias, assim como revelar novos talentos das letras nacionais.

1. SOBRE O TEMA:

“Bombeiros, heróis entre nós: histórias que não podem ser esquecidas”

2. QUEM PODE PARTICIPAR?

2.1. Poderão participar do Concurso Literário candidatos de nacionalidade brasileira ou estrangeira, residentes ou não no Brasil, civis e militares, desde que, tenham idade igual ou superior a 18 (dezoito) anos;

2.2. Cada Participante poderá inscrever um único texto;

2.3. Os textos inscritos deverão ser rigorosamente inéditos;

2.4. Os textos deverão ser enviados online, juntamente com a ficha de inscrição, através do link inserido no botão "INSCREVA-SE", no final desta página;

2.5. Em caso de empate de notas, o desempate será feito pela data de seu nascimento.

3. COMO SE INSCREVER?

3.1. As inscrições são gratuitas e serão realizadas no período de 19/02/2024 a 15/04/2024, exclusivamente, por meio de formulário próprio ao final desta página;

3.2. O preenchimento da ficha de inscrição deve ser completo e o tema dos textos relacionado ao previsto no regulamento;

3.3. O texto deverá obedecer a uma extensão máxima de 12.000 caracteres com espaço, excluídos deste cômputo o título e o pseudônimo do autor;

3.4. Os textos deverão ser redigidos em arquivo tipo doc, letras “Times New Roman”, tamanho 12, espaço simples, devidamente justificado e margens de 2,5cm em ambas as margens;

3.5. Nesses documentos (TEXTOS) não deverá constar o nome do autor. O pseudônimo é obrigatório e deverá ser colocado logo abaixo do título do texto e alinhado à direita; (veja o Regulamento Completo, Clique aqui)

4. SELEÇÃO:

     A seleção e premiação dos textos será realizada por uma Comissão Julgadora composta de 08 (oito) membros escolhidos pela Diretoria Executiva da Academia de Letras dos Militares Estaduais da Paraíba. (Para mais detalhes baixe o regulamento. Clique aqui)

5. PREMIAÇÃO E PUBLICAÇÃO:

5.1. Os primeiro, segundo e terceiro colocados receberão Troféu, Certificado e a oportunidade de se tornarem Membros Correspondentes da ALMEP, conforme aprovação já definida pela Diretoria Executiva e Conselho Deliberativo;

5.2. Os 20 (vinte) contos melhor classificados serão publicados em uma coletânea da ALMEP, com lançamento em data a ser posteriormente anunciada;

5.3. O resultado está previsto para a primeira quinzena de julho de 2024.

6. DISPOSIÇÕES GERAIS:

6.1. No ato das inscrições, o participante aceitará, implicitamente, todas as disposições deste regulamento;

6.2. No ato da inscrição, os participantes concedem à Academia de Letras dos Militares Estaduais da Paraíba (ALMEP) a autorização expressa para a publicação de seus contos em produções intelectuais organizada pela ALMEP. Esta autorização é concedida a título gratuito, abrangendo o direito de publicar, reproduzir e distribuir os contos em qualquer meio ou formato, exclusivamente dentro do contexto da referida coletânea, pelo período de cinco anos a contar da data de inscrição;

6.3. Aos membros da ALMEP que participarem deste Concurso, farão jus a publicação de seu texto na Coletânea a ser publicada, como incentivo inspirador aos participantes do concurso e contribuição particular à literatura e à Academia que pertence, não sendo a ele atribuída nota de concorrência entre os demais participantes.

6.4. As decisões de seleção e premiação das comissões de cada categoria terão caráter irrecorrível.

BANCA EXAMINADORA

Parceiros Culturais
ALMEBRAS - Brasil.png

BR  |  ALMEBRAS 

Brasão ALJGR_Minas.png

MG   |   AMLCJGR

Brasão ABRIL.png

RS   |   ABRIL

Brasão AlMESC.png

SC   | ALMESC

ALMEPAR - Paraná.png

PR  |  ALMEPAR

logo-apmed-h-700.jpg
Brasão IBSP.png
Alexandre Loureiro Júnior
     No alvorecer do Corpo de Bombeiros da Paraíba, em 9 de junho de 1917, a instituição se deparava com imensos desafios, notavelmente a carência de equipamentos e materiais essenciais para enfrentar emergências. Uma virada notável ocorreu com a intervenção de Epitácio Pessoa, que conseguiu junto ao Coronel EB Afonso Fernandes Monteiro, Comandante do Corpo de Bombeiros no então Distrito Federal, Rio de Janeiro, o envio de uma inovadora bomba a vapor. Essa ação pioneira também trouxe para a Paraíba o 1º Sargento Alexandre Loureiro Júnior, cuja chegada marcou o início de uma nova era. Comissionado a 2º Tenente, Loureiro Júnior assumiu a missão de revolucionar o Corpo de Bombeiros paraibano, oferecendo treinamento especializado e introduzindo técnicas de salvamento até então desconhecidas.
     Sob sua tutela, o Corpo de Bombeiros não só se capacitou tecnicamente, mas também conquistou um status elevado na sociedade paraibana, um testemunho do impacto transformador de Loureiro Júnior. Seu compromisso e liderança culminaram na obtenção de um quartel próprio em 1918, simbolizando a independência e a consolidação da instituição. Mais do que um comandante, Loureiro Júnior era um visionário, cuja dedicação e coragem foram amplamente reconhecidas e celebradas, tanto pelo governo quanto pela comunidade.
     Ao concluir sua nobre tarefa na Paraíba, Loureiro Júnior regressou à sua origem, deixando um legado imortal de inovação, bravura e comprometimento. Sua jornada, marcada pela excelência e pelo pioneirismo, inspira não apenas contos de heroísmo, mas também a perpetuação de seu espírito através da arte e da literatura. Este edital de concurso de contos busca não apenas homenagear a memória de Alexandre Loureiro Júnior, mas também incentivar a criação de obras que reflitam os valores e a tenacidade que ele exemplificou.
     Hoje, o saudoso Major BM, então Sargento, Alexandre Loureiro Júnior, empresta seu nome, sua história e lição de vida ao nosso primeiro
Concurso Literário, edição 2024, na modalidade contos. A todos os envolvidos, sucesso nessa empreitada.

José Walber Rufino Tavares
Coronel QORR CBMPB

Presidente da ALMEP






 
bottom of page